segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

SONETO DE "SENTIDA MÚSICA"

Sentida Música: o habitante da gaveta














 
SONETO

O silêncio madruga nos ponteiros.
Sinto a força dos astros repartida
em nosso ser à proporção da forma
e fundo permutados nos sentidos;

o retiro emergido neste espaço
é o equilíbrio de exata proporção.
Um horizonte vasto se revela
além dos muros físicos do mundo.

E o pensamento logo se emotiva,
ao contemplar a sensação da vida
em completude plena de existência,

que adensa o instante desta solitude.
Mas vem o sono, imensa paz, enquanto
a noite decompõe-se lentamente.